Fantasia Erótica Realizada

Fantasia Erótica Realizada

Olá,me chamo tal .Estou aqui pra contar um sonho erotico agora realizado todos os dias.Comecei minha vida sexual,perdi a virgindade com um cara  na epóca,não foi lá uma coisa muito prazerosa,mesmo eu não sentindo muito prazer eu sempre tranzava pra chegar ao orgasmo,eu não conseguia,mais sempre tentando.Até que um dia percebi que uma cara me perseguia sempre com olhares,e aquilo me pertubava ele me comendo com os olhos.E cada vez ele chegava mais perto de mim,sempre estava no meio de minhas amizades.E o tempo foi passando e passando,até que um dia eu disse que nunca ficaria com ele,pois eu não gostava dele me perseguindo.Até que viramos amigos e quanto mais proxima dele eu ficava mais eu via o quanto ele era legal e que minha opinião começava a mudar a seu respeito.Ele um homem maduro,pegador,gostoso e tão simpatico,foi me conquistando cada vez mais,então eu percebi que crescia um desejo em mim por ele,mais até então eu não tinha nem o beijado.Então comecei a freguentar o lugar que ele mais freguentava,um bar que ele passava mais tempo,e o desejo por ele só aumentava,até que um belo dia nos encontramos no fundo do bar e eu o beijei,então nos pegamos,e no auge do tesão ele me jogou contra a parede,eu adorei..Ficamos só nisso.No dia seguinte eu disse a ele hoje é minha vez e o joguei na parede e o beijei.E eu estava cada vez mais convencida que queria dar pra ele,estava louca pra sentir akele caralho que fica duro só de pegar na mão dele, e sentia que ele tbem me desejava.Eu então num belo dia o convidei pra tranzarmos e ele topo sem pensar,eu disse:eu quero,mais tem que ser no seu quarto e as oito horas.E ele,então tá.Eu me atrasei como sempre,cheguei lá a mãe dele estava na sala jogando cartas,ele deu um jeito e me botou pra dentro me escondendo atras de um cobertor.Dentro do quarto com um homem que eu tanto desejava mais não dava o braço a torcer nunca,eu só imaginava ele me chupando e enfiado seu pau na minha bucetinha.Então começamos a nós beijar e tirar a roupa,eu estava com muita presa porque tinha deixado lá em casa minha amiga e um amigo me esperando.Então,já estavamos nus e nada de ele me penetrar e só ficava me provocando e passando seu pau na minha bucetinha,aquilo me deixava doida porque eu queria que ele metesse em mim logo e ele só me exitando cada vez mais.Até que enfim ele me penetrou um pouco contrariado poruqe não queria que fosse tão rapido,ele queria mais é curtir o momento.E então,aconteceu muita coisa depois disso,fikamos tempos sem nos ver,fugimos pra Curitiba,mais não deu certo,eu não tinha certeza do que eu queria.Depois de uns dois anos,passamos a fikar muitas vezes,até que então,percebi que está apaixonada por ele.Eu já não conseguia mais dormir longe,sem sentir o calor do seu corpo quente colado no meu.Nem sempre tranzamos,por que eu quase não tinha vontade,mais se dependece dele faziamos toda hora,porque a fama de tarado que ele tem não é a toa.Passamos por altos e baixos.terminavamos,voltavamos,mas sempre as escondidas.E começamos atranzar mais e mais vezes,e comecei a gostar mais,de sentir mais tesão,graças a ele que sempre me fez mulher.Passado seis meses nessa,resolvi abandonar tudo e fugir com ele pra capital novamente,mais dessa vez pra morarmos juntos,construirmos uma vida nova e cheia de muito sexo e liberdade.E hoje estamos morando juntos,e eu estou cada vez mais tarada e completa por esse homem que sabe me fazer mulher como nenhum outro fez,eu estou descobrindo meu corpo,eu me masturbo praticamente toda hora quando estou sozinha em casa,é a melhor sensação do mundo,não que eu precise,porque eu tenha uma pica deliciosa que me satisfaz a hora que eu quero,mais é sempre bom se deliciar sozinha não é? Agora eu só penso em tranzar com meu amor,gozo sempre vivo o dia todo em sites pornos me masturbando e quanto mais a gente tranza mais vontade eu sinto,acho até que fikei mais tarada que ele..rsrsr e eu estou adorando isso.Agora eu quero tranzar com dois homens ele e mais um,já que minha primeira fantasia sexual ele me ajudou a realizar,tranzamos eu,minha melhor amiga e meu amorzaum,foi muito exitante ver ele trapando com outra na minha frente,foi uma experiencia inesquecivel.E cada vez mais quero realizar junto com esse homem que adoro tranzar,e que me incentiva a dar pra ele cada vez mais e mais,e hoje vejo que sem ele eu já não vivo,não só pelo sexo que é uma delicia,mais tbem porque eu o amo tanto e quero que juntos aprenderemos coisas novas.SOU MUITO FELIZ PORQUE TENHO VC AMOR.SAIBA QUE TE AMO!

Contos relacionados

No Cine Porno

Oi  me  chamo  Sergio,  47  anos  ,branco,  1.77,  porte  atletico,  bom  quando  eu  estava  no  exercito eu  conheci  um  cine  porno  aqui  no  centro  de  Goiania,  e  depois bde  muitos  anos  resolvi  ir  novamente,  bom...

Amor Em Familia (parte 1)

Amor em familia (parte 1) Ola, meu nome é Marcela, tenho 20 anos, sou morena clara, 1,65cm de altura, olhos cor de mel, e cabelos longos e castanhos. Sou uma moça bem bonita (pelo menos é o que os rapazes me falam).Estou aqui para contar a...

O Grande Conto Do Divo Radialista

Estava um dia em casa, mexendo no computador, escutando alguma live como sempre. Utilizava minha cuequinha branca puida, meias, e uma linda camisa salmão que realçava o brilho inerente aos meus olhos. No podcast uma mulher de voz seduzente lia seus contos...

Chuva, Parque, Sexo - Por S.m.

Chuva, Parque, Sexo - por s.m. Era uma quarta-feira, nos tempos de colégio, eu e minha namorada já estávamos a alguns meses. Como de costume sair de casa as 17h30minh para buscar a Vanessa na escola, fazíamos o ultimo ano na mesma escola, porém...

Meu Sinhozinho Malta

Existem situações inusitadas quando se trata de sexo, a famosa química, as vezes pode nos colocar em verdadeiras situações inusitadas Como já disse em um dos meus escritos, sou uma mulher madura muito comum, não sou malhada, carrego quilos a mais,...

Propaganda E A Arma Para Os Negócios

Propaganda e a arma para os negócios   De vez em quando a tarde, na casa de minha sogra que morava próximo do parque Barigui, se encontravam p/ conversar na varanda da casa algumas mulheres p/ colocarem as fofocas em dia, como sempre, eu...