Minha 1º Vez No Cu

Olá galera meu nome é Adriana, mas meu marido me chama de Drica Putinha, me colocou esse apelido carinhoso, depois que comecei a dar o cu desembolado… Com um ano de casada fiquei grávida e já no 7º mês de gravidez o doutor disse que não podíamos fazer sexo, podia prejudicar o bebe e meu marido não gostou muito da idéia. Quando foi à noite, nos preparávamos para deitar ele me pediu pra chupar o pau dele, assim eu fiz e ele me retribuiu também chupando meu grelinho que já estava todo meladinho, Era só eu colocar o pau dele na boca que já melava toda Enquanto a gente fazia um gostoso 69 ele me disse que não iria aguentar ficar três meses sem meter, me disse que iria passar na zona pra fuder, então fiquei furiosa ai ele me falou: – Então libera, deixa eu fuder seu cuzinho que deve ser uma delicia, ai eu não vou não, fiquei sem jeito de dizer não pra ele, apesar de nunca ter dado o cu, Vai devagarzinho então porque nunca dei meu cu, e ele foi passando a língua no meu cuzinho, deixando ele molhadinho, enquanto eu molhava seu pau com minha boca. Ele me pediu pra ficar de quatro e empinar bem a bunda, assim eu fiz e ele começou a roçar o pau no meu cu, ai eu coloquei as mãos na bunda arreganhando meu cu e ele começou a penetrar aquele cabeção grosso no meu rabo que fiquei tremendo toda de medo (o pau dele tem 18 cm por 5,5) e falei com ele, goza logo, que ta doendo. Gemi muito com aquele caralhão no meu cu e comecei a rebolar foi ai que ele gozou enchendo meu cu de porra e quando ele tirou o pauzão pra fora deixou meu cu aberto, arrombado ai passei a mão no cu e senti aquele buracão. Me deu um tesão que gozei feito louca, escorrendo porra pelo cu e desde esse dia ele passou a fuder meu cu de 2 em 2 dias . Me fudeu durante 3 meses assim e deixou meu cu relaxado e arrombado Foi durante essas trepadas que eu rebolando na vara dele que ele passou a me chamar de drica putinha, porque eu dava e rebolava feito uma prostituta. Valeu galera até o próximo conto…

Contos relacionados

Minha Mae Meu Sonho

Minha mae meu sonho Olá, já li vários contos de incestos e nunca acreditei muito, mas sempre tive uma tara por minha mãe, até que estimulado pelos contos fui a luta. Desde menino apreciava minha bela mãe. então imagina. Ela Loira, 1,60cm, com...

Minha Cunhadinha Safada

Minha cunhadinha safada Olá me chamo Francisco tenho 24 anos, tenho 1,72, moreno, olhos puxados, pois sou descendente de índio, sou casado com uma loira maravilhosa muito gostosa, ela tem 25 anos, com 1,64 de altura com a cinturinha fina e uma barriguinha...

Galáxia De Prazer Anal

Eu viajava muito a trabalho, e só estava em casa aos sábados, domingos e nas segundas. Eu tinha quarenta anos e ela trinta e cinco. Sentia tanta falta de minha mulherzinha morena e baixinha, de seios duros e pequenos, com mamilos escuros e grandes. Sem...

Experiências

A seguir são algumas situações reais que me aconteceram, estou com 56 anos , não sou afeminado, casado, com filhos, no segundo casamento, e gosto de mulher, que me lembre sempre gostei também de homens, experiências na infância ficam para uma outra...

Fernanda, A Esposinha Safada.

Fernanda, a esposinha safada. Estávamos casados há um ano e nossa vida sexual estava indo cada vez pior. Fernanda é uma gata, morena clara, 1,75 e 62 kg, seios grandes e um bumbum delicioso. No começo transamos freqüentemente, mas com o tempo...

Uma Noite De Loucuras

Eu e minha mulher estávamos na casa de amigos e bebida vai, bebida vem, ficamos os dois um pouquinho altos. Nossos amigos também estavam bem animadinhos e a certa altura, começamos a falar sobre fantasias. Minha mulher logo falou que adorava transar com...