Um Belo Casal Sergipano

Um Belo Casal Sergipano

Ainda me lembro de minha adolescência quando adorava ler os contos eróticos que vinham em um encarte da antiga revista ELE e ELA, e desde aquele tempo as histórias que mais me excitavam eram as que envolviam maridos que gostavam de ver a esposa com outro homem.Muito bem, o tempo passou e descobri  este site na internet  e continuei lendo mais e mais contos e cada vez mais fantasiando com o dia em que iria transar com uma mulher e o marido olhando.  Nessa época estava desenvolvendo um projeto em Aracaju e  nas horas vagas entrava na net para ver se encontrava um casal que curtisse ménage.Uma Bela noite estava na sala de bate papo quando entra um casal, comecei a puxar conversa no que foi correspondido e depois de algum tempo me passaram o MSN  deles.  Ele 44 anos  moreno, ela 39  loira casados há 20 anos e eu  42 anos branco.  No decorrer da conversa  Paulo ( fictício ) me falou que eles estavam querendo conhecer um homem que transasse com ela na frente dele. Pronto estava ai minha chance de realizar uma de minhas fantasias.Passado alguns dias e algumas conversas pelo MSN marcamos de tomar uma cervejinha em um dos barzinhos da orla ( que por sinal é lindíssima ).  Com um certo nevorsismo entrei no bar e já identifiquei o casal sentado num mesa e fui ao encontro deles.  Assim que cheguei próximo fui recebido por Paulo um bom aperto de mão  me dando boas vindas e um abraço de Lucia ( um abraço de quem já me conhecia a muito tempo ), passado esse primeiro momento começamos a conversar diversas coisas até que num certo momento Paulo me perguntou se eu não gostaria de dar uma voltinha no carro deles. Aceitei o convite e entrei no banco traseiro, quando já estávamos em movimento Paulo perguntou a esposa se ela não queria me fazer companhia no banco traseiro, Lucia passou rapidamente para trás e foi logo alisando minhas pernas e meu peito, como já estava me sentindo a vontade e excitado também levei a mão dela pra minha rola no que ela  já foi desabotoando minha calça e colocando ele pra fora ( depois de 20 anos de casada era a primeira pica que ela tinha na mão ) o sorriso dela ela radiante tanto que olhou para o marido e perguntou se ele queria ver a esposinha chupar outro homem ali mesmo com o carro andando no que foi prontamente autorizada ( lembro que nesse momento estávamos passando em frente a passarela do carangueijo, como o carro logicamente tinha película estava eu ali com uma loiraça chupando minha pica com o marido dirigindo e ao mesmo tempo olhando a multidão no bares da passarela.Fizemos o retorno e fomos direto pra o motel que ficava próximo, entramos na suíte e já descemos do carro nos agarrando querendo tirar a roupa um do outro, ao mesmo o maridinho dela já abria a porta para entrarmos.  Quando entramos no quarto peguei-a no colo e a deitei na cama de perninhas abertas e ainda em pé comecei a meter o dedinho na xoxotinha dela que começou a rebolar gostoso chamando o Paulo de corninho safado, que finalmente iria levar pica de verdade, passei um bom tempo assim quando fui mudando de posição e coloquei a pica para ela chupar enquanto eu chupava seus seios, olhei para o lado e vi quando o Paulo balbuciando pediu para eu meter nela de 4, logicamente obedeci ao meu novo amigo e a fiz ficar de 4 nesse intervalo de tempo coloquei a camisinha e comecei a pincelar a pica na entradinha da xoxota dela e aos poucos fui enfiando até  sentir encostar meu pubis na bundinha dela. Caramba como era gostoso sentir aquela linda mulher rebolando, gemendo e chamando o Paulo de corninho safado ( nessa hora ele já batia uma punheta olhando a linda mulher sendo fudida por outro ), me segurei muito para não gozar naquela posição e a fiz fica deitadinha de barriga pra cima e comecei a fazer um papai e mamãe que é a posição que eu mais me controlo, e novamente senti uma sensação maravilhosa de meter até o final e tirar tudo e novamente meter  naquela xoxotinha de pelinhos loiros demarcados pela marquinha de biquíni.Ela já estava falando que ia gozar e eu pedi pra gozarmos juntos acelerando os movimentos explodíamos juntos num delicioso gozo gritando para o marido que estava gozando gostoso. Cansados ficamos deitados um ao lado do outro parece um casal de amante, demos um tempo e a chamei para tomar um banho juntos ,  entramos na banheira e ficamos relaxando tomando uma dose de wisky e nos alisando levemente.  O banho foi rivogorante, saímos e nos enrolamos nas tolhas e começamos a conversar os três sobre amenidades, já refeito e a pica já dando sinal de vida levante fui ate minha loirinha e fiquei nu na frente dela e como se ela tivesse lido  meu pensamento começou a me punhetar ate ficar dura e ser devorada por aquela boquinha deliciosa, era ela engolindo minha pica e eu alisando seus longos cabelos elogiando a chupada que ela me dava.  Sentei na beirada da cama e a fiz sentar no meu colo fazendo-a subir e descer em minha pica, eu chupando seus seios e mais uma vez chegamos ao orgasmo.  Tomamos mais um banho e fomos embora.Tivemos bons momentos a três e também so nos dois pois com o decorrer dos encontros Paulo já liberava a esposa pra sair comigo.Adoro conhecer pessoas interessantes, bem humoradas e que tenham gostem de viver a vida com responsabilidade e respeito mutuo.  Casais e mulheres casadas me add para fazer uma bela amizade.  Viver_a-vida@hotmail.com

Contos relacionados

Fudendo a Tia gostosa

Minha tia Gostosa( Prazer de verdade) Minha tia Fran(Fictício)Me beijou com loucura depois pediu pra eu sair de cima dela e fechar meus olhos fiquei deitado com os olhos fechados ouvindo e ouvi quando ela abriu a porta do quarto dela e depois ouvi barulho...

Não Aguento Quando Rebola No Meu Pau

Não aguento quando rebola no meu Pau Olá, meu nome é danilo, moro em mg, tenho 1,84 de altura, 75kg, moreno, cabelo bom, e bem atlético, 21,5cm. eu namorava na epoca do ocorrido mas sempre tinha umas recaídas. um dia, conheci uma...

Dei Pro Amigo Do Meu Marido

Meu nome é Elaine! sou alta, 39 anos, seios médios, tenho as pernas bem grossas, bunda bem grande e me acho bem bonita! Meu marido não gosta de fazer muitas coisas na cama, e eu amo fazer de tudo. Ele tem um amigo q se chama Valmir. Ele é alto forte corpo...

Uma Casada Gostosa No Cio Ii

Uma casada Gostosa no cio II Uma casada Gostosa no cio II Oi Gente, como falei no conto anterior, estou de volta com outro conto de meus relatos sexuais, Eu e minha casada no cio, continuamos a nos encontrar, Eu continuava hospedado no mesmo...

Madrinha Um Anal Para não Esquecer

Estava fazendo 25 anos quando a minha madrinha, que não via desde dos 8, apareceu toda sorridente com um presente nas mãos. Ela tem 65 anos, mas aparenta menos, bem cuidada, soube depois, viúva a 2 anos.Colocamos o papo em dia e, de repente me fez um...

Meu Amigo Pensa Que Meu Corninho não Sabe

Ola queridos leitores vou conta um momento muito delicioso que aconteceu comigo e meu esposo ,somos casados a 12 anos temos 01 filho somos um casal normal com uma vida cotidiana normal.Tudo começou quando meu marido começou a fantasiar sairmos com mais um...