Esposa Exibicionista Na Academia 1

Meu nome é Elisa, uma enfermeirinha muito gostosa, loirona de olhos azuis, com a pele branquinha, uma bunda bem malhada, redondinha e sexy. Sou casada com o Jason, um bombeiro delicioso que adora me foder, principalmente quando conto sobre flertes que recebo de caras fortes e bonitos. 

Sou exibicionista e adoro que olhem minhas curvas bem contornadas. Não sou hipócrita como a maioria que se arruma, mas não quer que alguém as olhe, e fica de cara feia por isso. Gosto que me olhem, mas nem por isso quero que me comam, pois só gosto de provocar.

Gosto de escolher bem minhas presas, pois adoro um homem fortão e bonito me olhando, mas nenhum babão querendo me aporrinhar kkkkk. Minha última investida foi na academia. Desde que iniciei minhas atividades físicas lá, percebi os olhares de um cara de ombros largos e fortes, tatuado e com olhos verdes penetrantes que me deixa ouriçada cada vez que os vejo.

Meu horário de malhar é bem cedinho, cedo mesmo e quando chego à academia ele já está lá, com sua regata apertada que deixa a mostra aqueles bíceps fartos e torneados, aquele ombro largo moreno com tatuagens tribais lindas. Minha roupa de ginastica não é nada ?piriguety?, mas deixam bem visíveis minhas curvas, portanto ele sempre para o que está fazendo para me acompanhar entrando. Cumprimentamo-nos com olhares demorados e bom dia insinuante.

Nossos olhares cruzam a cada pouco e é inevitável que eu sinta aquela sensação gostosa de estar sendo apreciada por um gostosão e sentir um desejo escorrer entre minhas pernas. Hum!!!

Todos os dias conto para meu marido Jason, que adora as histórias e fica muito excitado. Quer que eu invista mais nas flertadas para ficar ainda mais quente a sensação. Não me faço de rogada e a cada dia mostro mais minha vontade de ser flertada. Durante nossas trepadas Jason quase me arregaça de tanto que me fode. Fico bem ativa, cavalgo pra caralho, mudamos de posição várias vezes. Aquele cacete dele fica cada vez mais gostoso quando ele fala do fortão, pra eu imaginar ele no seu lugar, me agarrando e me fodendo com toda aquela força vigorosa. Caraca como eu gozo. Minha xaninha se retesa a cada palavra, espremendo para fora todo o tesão que estou sentindo.

Noutro dia, enquanto finalizava minhas atividades ele se deitou no colchonete ao meu lado e expressou como eu havia emagrecido desde que estava frequentando aquele lugar. Hum, fiquei excitada e respondi que sim, estava me sentindo muito melhor, mais disposta e que aquele horário estava me fazendo muito bem. Hum e como!!! Nem sabe ele que é um dos motivos da minha permanência ali.

Não hesitei em colocar um calção mais sexy noutra vez. Mais curto e apertado. Minhas coxas grossas, em torno de 53 cm, bem malhadas ficavam expostas. Quando entrei, mais uma vez ele parou de malhar e paralisou. Verifiquei o treino do dia e fui logo pra corrida. Quando me dei conta ele estava sentado num aparelho ao lado da esteira em que seu estava. Nunca malhava naquele aparelho, pois geralmente só treina braço, mas naquele dia ele precisou malhar ali, kkkkkkkk.

Sem receio, desci da esteira após o término e fui buscar alguns pesos para treinar braços. Ao passar por ele, não evitou o olhar nas minhas pernas e foi subindo, pela minha xana e seios enquanto eu me aproximava, até olhar em meus olhos com um olhar de lobo selvagem querendo me devorar. Hum, minhas pernas bambearam e senti um fogo interno, sem controle. Fixei meus olhos nos dele e retribui o olhar tentador, num sinal de aprovação. 

Enquanto estive ali, ele esteve por perto, como não querendo perder nenhum segundo os meus movimentos, esperando que lhe desse oportunidade para se aproximar cada vez mais. Fazia questão de que percebesse que eu estava lhe percebendo e gostando de suas curtidas.

Imagine quando contei a investida pro Jason. Quase não andei no outro dia. Me fez gozar igual uma louca por muito tempo. Não parava de perguntar se eu estava com tesão de trepar com o fortão. Eu afirmava e ficava imaginando como seria, mas não queria perder o encanto.

Cada dia que passava a sensação ficava mais gostosa e nossas trepadas mais intensas.

E o que acabou acontecendo conto pra vcs noutro conto.

Até mais, e espero que curtam nossos contos. 

Jason e Elisa ([email protected])