Monica Cadela 1

Monica cadela 1

Meu nome é Monica, tenho 33 anos, tenho 1,63 de altura e peso 59kg. Tenho uma bunda gostosa, peitos não muito grandes mas fartos. Sou CASADA a 10 anos com um cara boa pinta, executivo , alto e com um pau bem gostoso e grosso. Desde o começo do namoro sempre transamos e tivemos muitas fantasias. Me vesti de enfermeira, bombeira, policial e entre outras. CONTO NUMERO 1 Em nosso aniversário de 5 anos de casamento ele me disse: galinha que chupe outro pau e eu vou meter uma gata na sua frente, fiquei meio sem saber o que fazer, nunca tinha dito não as fantasia dele, porem essa era meio demais para mim. Não tive escolha, a noite ele saiu e dizendo que iria buscar nosso presente era para eu esperar nua de 4 em cima da mesa na sala de jantar. Ele saiu e encontrou um casal de catadores de papelão na rua a mulher era mal cuidada mas muito gostosa, pele queimada do sol, magrinha, peituda, boca carnuda e ruiva, meu marido não resiste a uma ruiva, a única vez que me trais foi para meter uma ruiva. O cara, catador de papel, marido da ruivinha, era feio que doía, gordo. Meu marido parou o carro e disse a ele: cara é sua mulher? O gordo balançou a cabeça dizendo que sim. Meu marido disse a ele. Poderia de dar uma boa grana se vc deixasse ela chupar o meu pau. Gordo olhou o carrão do meu marido e sua boa aparência e sem pensar disse quero 100 pilas por um boquete dela. Meu marido falou: tenho uma boasuda em casa também se voce queiser podemos trocar por algumas horas. Segundo meu marido o gordo ficou com o pau duro na hora, só de pensar em meter numa granfina. O casal de mendigos entrou no carro, no banco de trás.Meu marido pediu para eles vendarem os olhos para não saberem onde era a nossa casa. Quando os ouvi entrando na garagem, confesso me deu um frio na espinha, pois eu não sabia o que viria pela frente, subi na mesa e fique de 4 como ele mandou. Quando vi o casal não acreditei, meu bem eles estão sujos, vamos deixa-los tomar banho. Gordo não tirava os olhos de mim, parecia um estuprador. Meio relutante meu marido aceitou, eles entraram no banheiro tomaram banho. Eu permanecia na sala de jantar enquanto meu marido foi dar assistência a eles. Eu estava de costa e pensativa quando senti uma mão estranha na minha bunda, era gordo. Meu marido disse: galinha ta aí seu presente. Gordo era meio bruto, eu nem estava molhada direito e ele logo meteu três dedos na minha buceta, dei um gritinho de dor, meu marido tirou do bolso um tubo de ky jogou na mão do gordo dizendo que era para facilitar. O tarado lambusou meu cu de ky e meteu tudo numa socada só eu uivei de dor, a rola dele era bem maior que a do meu marido e grossa. Socou muitas vezes sem parar. Ddepois me virou com as pernas para cima e socou mais e mais, pude ver que seu pau estava com sangue, o safado me arrebentou e continuava metendo. Quando foi gozar tirou do meu cu, puxou-me pelos cabelos e encheu minha boca de porra. Sai dali e fui correndo tomar banho, que nojo daquele gordo, eu nem gosei estava toda esporrada e com o cu arrebentado. Meu marido?? Assistiu tudo dizendo: cheia de frescura nunca me deu o cu, se ferra agora. Meu cuzinho virgem foi arrombado pelo mendigo. Quando voltei do banho, o gordo estava na cozinha assaltando minha geladeira, comendo feito um porco. Meu marido disse: senta querida, agora é sua vez de assistir. Pôs a ruivinha sentada na mesa e começo a beija-la, descendo até a buceta, ela delirava e eu que não tinha gozado também. Meu marido a chupou até senti-la gozar, acho que ela nunca havia gozado antes. Depois a vadia se apoiou na mesa e virou cú para ele dizendo que se eu não dava ela daria, achei que ele usaria o ky, mas ele a lambeu até deixa-la bem molhadinha (safado). Claro que ele gozou no cu dela. Depois colocou os dois no carro os vendou novamente e os levou de volta no lugar onde os tinha pego.

Contos relacionados

A Diarista Do Sul De Minas

Conheci Najara através de uma anúncio que fiz na internet. Trocamos alguns emails e depois conversamos por telefone mais algumas vezes, ela não tinha pressa. Najara tinha 32 anos, divorciada e não tinha filhos. Depois descobri que trabalhava numa...

O Prazer Que dá Tesão

Tinha uma fantasia de ver minha mulher ter relações sexuais com um cara da pica bem enorme. Não sei o porquê disso, mas sentia essa sensação gostosa, muito me  excitava, e cada vez mais, sentia que isso iria um dia acontecer. No decorrer do tempo à...

O Seguro Cobre

Em angra dos reis existem muitas entradinhas particulares as margens da rodovia rio santos a maioria levam a pequenos condomínios ou a belas mansões de veraneio, a maioria é protegida por arbustos e arvoredos que só os proprietários ou moradores locais...

Sexo no trabalho

Me chamo Carol e esse conto aconteeu comigo. trabalho como auditora em um supermercado da minha cidade. Sempre recebi muitos elogios dos colegas de trabalho, por ser muito bonita e carismática ( tenho 1,62, 50 kg, morena do cabelao, cinturinha e peitoes...

Sexo no hospital

Sou enfermeira, trabalho num hospital e safadeza é comigo mesmo. Há alguns dias começou a trabalhar no hospital um médico chamado Bernardo. Ele muito bonito, charmoso e com um olhar sedutor. Certa vez foi preciso transferir um paciente para outro...

A 1° Foda Com Minha 1° Ex

A 1° foda com minha 1° ex Olá vocês já me conhecem, pois já contei varias de minhas aventuras sexuais. Volto a frisar que sou deficiente físico (CADEIRANTE) moreno claro, separado, bem vou contar uma de minhas aventuras com minha primeira...