Mudança Fudida

Mudança fudida

Meu nome é carla (ficticio).Me mudei com meus pais para um prédio ,ele era bonito ,tem estilo um mini jardim ,picina etc.. Na época fazia muito calor no dia,eu estava com uma regata branca colada,e um shortinho (e ainda transpirava),resteirinha.

saindo do carro vi um garoto correndo em direção a mim,nossa ele era lindo ,tinha um corpo bem definido ,taquinho, não muito bombado ,cabelos cacheados,olhos castanhos esverdiados,Ele estava sem camisa,com ela pendurada no ombro direito, tava todo suado e me deu um vontade enorme de agarrar ele.

fiquei boquiaberta ,admirando ele (se bem eu não sou de se jogar fora sempre me cuide e fui a cademia, meu cabelo é castanho claro com mechas loiras meio ondulado um pouco abaixo dos seios ,tenho seios e bunda grandes, coxas grossas e durinhas,pele clara e olhos castanhos)só que ele passo reto e entrou no prédio .

Se passa alguns dias e meu adpitando a minha nova casa ,era um sabado chusovo e esfrio bastante,mais mesmo assim estava com um shorts(eu adoro) eu tava sozinha em casa meus pais foram para casa de amigos em um festa de aniversário ,como não gosto muito de festas fiquei um casa , estava muito entediada ,então coloquei uma seleção de musicas de hip hop no pc para escutar,ainda era muitoo cedo 11 horas da manhã , entao decidi descer até Hall do prédio ,estava vazio então vi o elevador descendo .

ERA o garoto ele tava com um casaco de moleto preto e calça jeans , ele passo reto ,e eu sentei em uma poltrona perto das escadas .

ele volto lá de fora um pouco molhado e foi até o elevador como demoro ele entro na porta que dava para as escadas ,tive o impulso de ir atras quando ele vio , paro e desceu dois degraus , meu coração disparava quanto mais perto ele chegava ,acho que ele percebeu porque riu para mim .

eu disse Oi e nem deu tempo de pensar e se aproximo e eu altomaticamente fui me afastando entaum ACABOU o espaço eu não tinha mais pra onde ir,quasei colei com a parede .

então ele enfio a mão dentro do meu shorts e e me puxo pra ele ,não sei da onde veio isso mais eu tava muito quente,com muita tesão , e ele me tinha ali .

altomaticamente pulei no colo dele ,encaixei meu quadril no dele ,ele me segurava pela bunda ,passava as mãos nas coxas eu tava com muita tesão .

ele foi pra frente e me forço com a parede dueu um pouco mais eu tava nem ai tava muito bom , ele coloco meus braços pra cima e começaa beijar meus peitos ,foi mordiscando,provocando passando a mão em todo meu corpo .

ele já não estava aguentando e nem eu .

mais auvimos vozes vindo do hall do prédio então susurrei para que fossemos pra outro lugar ele acc .

subimos as escadas até o segundo a andar e pegamos o elevador,chegando na minha casa eu puxei ele para dentro.

chegando na minha cama ele caio em cima de mim ,eu senti a pressão do pênis dele,tava durinho ,parecia grande ,ele pegou me cabelo e puxou meu deus aquilo me fez delirar,foi me beijando e tirando minha blusa ,até que tirou as calças e cueca eu tava um pouco vermelha mais deixeu de lado e tirei o resto da roupa .

ele começo a infia em mim era grande ,grosso doeu muito

eu gritava

-para ,para ,doei muito .

ele começo a coloca mais pressão ,eu gritava ,gemia muitoo.

só que era bom uma mistura de prazer e dor ,ele sai e entrava rápido ,eu aranhava forte as costas dele e ele parecia gostar ,envestia mais ainda .

nois gozamos quase juntos, paramos um poucos eu tava muito cansada.

então depois de algum tempo dormimos acordamos depois de umas horas ele começo a me chupar e enfiava a lingua dele bem fundo,circulando e chupando, eu gemia muito tava lategando .

falava -enfia essa porra logo ,enfia.

ele fez diferente me deitou de quartro e enfiava na minha buceta ,aquele pau grande e gosto

eu termia e rebolava ,ele segurava minha cintura enfiava todo e depios tirava ,começou devagar mais depois foi almentando ,não ligava se eu mandava parar,seu eu gritava por que duia muito .

meu corpo já tinha vontade própria ,eu tava toda melada soada e ele tbm,mais quando eu ouiva os gemidos dele eu queria mais e mais .

eu sentia a respiração forte dele empurando meu cabelo ,não sei oque deu nele mais ele mordeu meu ombro e começou a lember minhas costas ,passava aquela lingua que me arrepiava.

dessa vez gozei primeiroo tava cansada e só esperando ele acabar então ele acabo .

descansamos mas e ele foi para casa dele.

me despedi e agante se encontrou em outras ocasioes outra hora conto.

espero que tenham gostado 🙂

Contos relacionados

Enlouquecida No Carnaval

A ultima noite de carnaval de 2008 foi totalmente inesquecível para mim... No começo da noite ainda era virgem, porem com pensamentos e ideias de alguem muito experiente! Quando era 21 horas comecei a me preparar para a noite de carnaval até então uma...

Prova De Adultário

Eu vinha a uns três meses me relacionando com uma colega do serviço, eu sabia que ela era casada mas, nos só nos encontrávamos quando o marido dela estava trabalhando ou quando conseguíamos sair mais cedo, raramente nos telefonávamos e quando fazíamos...

Quase Fomos Pegos E só Rolou Depois

Olá, já publiquei aqui uma vez que minha esposa quase me deu uma dedada, mas essa história de hoje aconteceu há muito tempo, mas ainda me mata de tesão, na época ela era casada com outra pessoa. Na época ainda não éramos casados, ela trabalhava em...

Dei Para Meu Funcionério

Dei para meu funcionário Meu nome é Daise tenho 38 anos. Bom pra começar quero afirmar que sou dona de uma padaria. Um belo dia apareceu um rapaz se identificou como Bruno,24 anos e me perguntou s eu estava precisando de um repositor,ele...

Minha Primeira Vez video video

Olá meus amores! Peço desculpas pela demora para escrever... Voltei para as aulas, estou a procura de um estágio, fazendo aula de carro com uma instrutora insuportável e fico nessa correria... Bom, para quem não me conhece eu...

Minha Mulher, Sua Amiga E Eu

Uma amiga da minha mulher estava com problemas domésticos e a minha mulher perguntou se ela poderia passar uma semana na nossa casa ate ela reorganizar a sua vida, como não vi nada demais, concordei e fui trabalhar. A noite quando retornei, ao abrir a...