O Zelador

Oi, me chamo Amanda, casada , atualmente com 31 anos, sem filhos. Sou morena, cabelos lisos , olhos castanhos, bem proporcionada.O que passo a contar aconteceu comigo há 3 anos.

Aproveitando que meu marido estava viajando, marquei um encontro a tarde com um ex-namorado, com quem ainda mantinha um relacionamento. Após uma tarde sexualmente agradável, visto que ele sempre fora um amante competente, passei no supermercado e fiz algumas compras.

Chegando na garagem do prédio onde morava, o zelador principal estava e me ajudou a manobrar o carro na vaga apertada. Saindo do carro, abri a porta traseira e me abaixei para pegar as compras. O vestido que era justo e tinha uma costura atras que estava fraca, se abriu expondo meu bumbum e o fio-dental vermelho da calcinha. Silvio , o zelador, que estava atras de mim ficou me comendo com os olhos.

Me ajeitei como podia , e como ele morava num apartamento ao lado da garagem, perguntei se ele não tinha agulha e linha, pois não podia andar com o vestido aberto pelo hall do prédio.Ele disse que tinha sim e fomos para o apartamento dele.

No apartamento ele mostrou onde estava a linha e agulha e saiu. Como estava numa gaveta baixa, eu me abaixei para pegar expondo meu bumbum de novo. Nesse momento Silvio entrou e me agarrou por trás.

Que isso , Sílvio? Me larga!

Não largo não. Agora você vai dar pra mim. Senão eu conto pro prédio inteiro que você usa calcinha de puta.

Ele não me largou, e foi tirando o meu vestido e minha calcinha com certa violência. Me deixou nua , me sentou na cama dele e tirou pra fora da calça uma rola grande e grossa, como eu nunca tinha visto. E olha que meu marido e meu amante são muito bem servidos.

Passou a rola no meu rosto.

Chupa vadia!

Eu meio que hipnotizada pelo tamanho, comecei a lamber e beijar aquela cabeçona, chupar as bolas, .Ele segurou minha cabeça e colocou um pouco mais fundo.

Já muito excitado, me colocou de 4 e meteu com vontade.Eu também já muito excitada recebi com muito prazer aquela rola grossa.Logo gozamos , com ele jorrando dentro de mim.

Eu fiquei de bruços com ele deitado sobre mim. Me beijando e dando mordidinhas nas minhas costas.

Todos os porteiros te chamam de gostosa do oitavo andar.

Você também me chama assim?

Não . Se você te chamar de alguma coisa , ia te chamar de vadia.

Você me acha vadia?

Pra meter sim…rsrsrs.

Com uma mão ele continuava me acariciando, até que se deteve no meu bumbum. Senti que a rola crescia de novo encostada na minha perna. 

Logo os dedos estavam pressionado meu cuzinho. Ele beija, lambia e mordia meu bumbum.Logo um dedo entrou em mim .Não consegui me conter, soltei um gemido alto.Serviu de estímulo pra ele.

De 4 , vadia!

Nossa, é muito grande .Não vou aguentar!

Puta aguenta qualquer coisa.

Pegou um potinho de brilhantina, e começou a lambuzar meu cuzinho, colocando um dedo por vez. Logo já clocava dois dedos.Dando por satisfeito com a lubrificação, apontou aquela cabeça enorme na entrada e foi forçando devagar. Parecia que estava sendo partida no meio, e nesse momento agradeci ao meu marido por ter me iniciado no sexo anal.

Após ter começado mais lento, aumentou o ritmo, mas não o suficiente pra gozar logo. No fim aumentou o prazer para nós dois.Ao gozar, ele me puxou pelos quadris e enterrou a rola tão fundo que senti os pentelhos dele no meu bumbum.

Saiu de dentro de mim  e me deixou ali acabada. Pegou minha calcinha guardou no bolso da calça.

Essa eu vou guardar de lembrança. E se você não quiser mais dar pra mim , vou mostrar pra todo mundo e falar que você me deu de presente.

Ele saiu, e eu fiquei um tempo ali me recuperando.Costurei o vestido, peguei as minhas compras e fui para meu apartamento.

Hoje eu e meu marido nos mudamos. Não me encontro mais com emu ex-namorado. Mas duas vezes por mês , falto a escola onde trabalho, e volto ao prédio onde morava.

Onde sou regiamente saciada pelo meu zelador.

Contos relacionados

Uma útima Empregada

Uma ótima empregada UMA ÓTIMA EMPREGADA Como eu já relatei em contos anteriores, eu tinha me divorciado e meus dois filhos por opção deles ficaram comigo e minha ex esposa mudou-se para outro local. Nessa ocasião, eu morava no Brooklin...

Relaxamento Com Pica.

Tenho 20 anos, estatura mediana de 1.68 - Sou morena, com o corpo bem escupido, graças eu tive uma herança genética que me favoreceu! Cabelos compridos até a altura da cintura, preto-ondulado. Eu cheguei do trabalho, cansada, como todo dia acontece...

Encoxada No Busão Por Um Negrão Roludo

O fato que passo a narrar ocorreu realmente comigo em janeiro de 2015, a minha tão sonhada férias de verão dentro de poucos dias chegaria ao fim, eu voltaria ao trabalho bem no meio da semana numa quarta-feira, na segunda a noite como de costume meu marido...

Rasgada E Destroçada Pelo Dotadáo! Real!!

Olá a todos :) ___ Este é o primeiro causo que conto neste site. Havendo boa aceitação (ou seja: vote no meu conto e comente!), prometo relatar várias outras histórias cheias de sexo e luxúria, que participei. Meus relatos são todos...

Siririca No ônibus

Olá, atualmente tenho 18 anos, e o que contarei aqui, é sobre uma experiencia muito boa que tive aos meus 14 anos. Bom, eu estudava em uma cidade um pouco distante da minha, e precisava pegar ônibus todos os dias. Certa vez eu estava no fundo do ônibus...

Minha Esposa ? Puta Da família

É com muito gosto que vejo meus irmãos fudendo minha esposa; ela é a puta da família.  Eles comem ela desde quando ela era minha noiva. Gosto de meter o caralho no rabo dela já esporrado por eles. As mulheres da família, são todas, putas e...