Casada No Cio

Casada no cio

Quando sair pra ir trabalhar no interior de SP. Quando por meio de um descuido ou por obra do destino, que muitos dizem que não existem. Mas voltando ao conto, eu estava no interior hospedado em um belíssimo hotel, que apesar de ser interior muito gostoso. Ao volta do local de trabalho com destino ao hotel após uns colega de trabalho me deixar no hotel com o carro da empresa, nesse casso ficava dois hospedados e dois fazia bate e volta todos os dias prá SP, foi aí que quando os mesmo nos deixaram na porta do hotel e ao descer do carro eu por um descuido deixei cair do bolso o meu aparelho de comunicador que por diversos motivos não posso falar o nome, Eu acho que muitos que ler esse conto vão saber do que estou falando. Mas voltando ao conto,caiu do bolso e sem perceber,só que no dia seguinte ao procurar o mesmo,levei um choque ao perceber que se estivesse perdido o mesmo teria que ir até uma delegacia prá fazer um BO e tudo que vcs sabem que tem que fazer pra justificar a empresa o motivo de ter perdido,Quando que por um impulso normal pedir prá que o meu colega de trabalho e de quarto acionasse o comunicador dela pra ver se conseguia achar o meu.Foi quando outro lado atende uma voz de veludo feminina,ao falar a mesma fala o nome do colega e diz que achou o mesmo na frente do hotel e que no outro dia ela iria pra academia e que passaria enfrente do hotel pra entregar o mesmo.Quando acordo no outro dia ansioso pra receber o comunicador e conseqüentemente conhecer essa voz tão carinhosa que falava ao outro lado.quando de repente aparece uma belíssima gata loura e bem detalhada fisicamente até mesmo ela faz academia,mas que era bonita e sex,foi paixão a primeira vista,então trocamos algumas palavras até mesmo eu tinha medo que ela fosse casada,e que justamente era.Quando eu falei pra ela o que eu poderia fazer pra agradecer ela por esse gesto de honestidades e é claro por eu ter conhecido ela.Ela me falou que não era nada e que ela era honesta e que faz parte de pessoas honestas devolver o quer não te pertence,aí eu te dei o meu cartão de visita e pedir que ela me ligasse quando precisasse de alguma coisa que eu pudesse ajudar,foi quando ela me perguntou se eu era casadoãeu meio sem graça confirmei, perguntei se ela bebía, ela me fala não, mas acompanho,foi quando percebir que ela também tinha sentido algo por mim também. Marcamos nos ver outro dia.  No dia seguinte era um fim de semana, sábado e domingo e eu saberia que não iria vela nesses dias. No sábado a noite mandei diversas mensagens pelo o celular e nada,quando derepente ela me liga mas não fala nada,ligo de volta mas nada.No domingo o dia e a noite faço o mesmo e  nada.Na segunda feira por volta das sete da manhã ela me liga e diz :Vc não queria me encontrar aqui na academiaãeu falei não por vc ser casada pode causar algum tipo de problemas pra vc mesma, então como o hotel fica bem próximo da academia que ela estava, achei melhor ir de carro, até mesmo que qualquer coisa sairia fora o mais rápido possível. Então nos encontramos na frente da academia,pedir pra ela entra no carro e ela entrou e já foi perguntando onde agente iria?Quando te falei, como vc é casada e todo na cidade te conhece vamos ao algum lugar seguro. quando fomos a uma rua com pouco movimento de carro,chegando lar eu perguntei qual era a delaãe ela me diz o mesmo. Quando de imediato te abracei e nos beijamos.depois de um certo tempo nos beijando tentei tirar a roupa dela,quando ela me diz que não pode,eu falo por querãela diz coisa de mulher. Assim percebir que ela estava menstruada e sem perceber já fui colocando ela prá fazer um boquete que na linguagem popular é fazer uma chupeta ou mamar minha rola,foi tão gostos que gozei,foi tão rápido que nem ela percebeu que chegou até engolir um pouco de meus espermas e o resto espirou nos seus cabelos, foi que tirei minha camisa e dei pra ela se limpar. Nos dias seguintes nos encontramos sempre no horários da escola do filho que o corno do marido que só colocava defeito nela estava trabalhando.O marido dela só levava o tempo e querer oferecer ela pros amigos acho eu que ele é do tipo que sente tesão vendo sua mulher transando com outro homem.que se diz por uns boato que quando a mesma trabalhava junto com ele na mesma empresa ela no escritório e ela na linha de produção,ela chegou até se passar por modelo daquelas que ficam em feras no Anhembi,pleno fim de semana e o corno deixava ela ficar fim de semana com o patrão dele e que o mesmo vivia cantando ela direto,que se ela ficasse com ele,ela dava boa vida pra ela e esses papos de patrão com secretarias que todos sabem como é.Sei que o seu marido só leva o tempo em falar que ela está sem bunda,sem peito,que está ficando musculosa,só que ele mesmo vivia levando ela prá festas que no local só tinha amigos dele e nenhuma mulher,então ela servia como petisco nos olhos do amigos dele.Sei que nos encontramos e é sempre amor a primeira vista,agente quando nos encontramos é sempre como um casal que tem anos sem se ver,com o maior tesão e vontade de fazer sexo.Sei que o melhor sexo anal que fiz até agora é com ela.nos nos chupamos,eu chupo ela o cú dela até ela ficar molhadinha,depois viro ela de frente e chupo a bucetinha dela que vem pra mim com muito tesão e com muita falta de rola,por quer o seu marido só a procura pra trasar a cada dois ou três meses,mas que sempre tenta sem quere mas oferece ela pros amigos ,como assim,nossa vcs não acha que minha mulher está bonita bem de corpo e que ela é muito linda vcs não acha?Só que o corno comigo cismou de ter ciúmes. Só que agente durante a minha estadias no interior transava todos os dias.Sempre que no encontramos é como nunca tínhamos nos conhecidos,sempre com o maior tesão,eu chupo ela toda,os peitinhos que era pequenos agora de tanto eu chupar agora já está turbinados,chupo o cú dela que é muito delicioso,ficou passando a língua do cú prá buceta e vai e volta deixando ela louquinha de tesão,quando ela não aquenta mais eu vou e te penetro,primeiro no cúrzinho gozamos bastante,Depois tomamos um bom banho e depois voltamos nos chupar de novo,ela vem chupa minha rola como nunca visse uma rola chupa como uma desesperada e depois quando estou quase gozando ela vem e senta na minha rola,nossa que sentada gostosa,rebola igual uma cadela no cio,rebola,rebola e rebola que não agüento e gozamos de novo.Sem que nos encontramos é como se fosse a primeira vez,trasamos como se fosse acabar o mundo e já estamos planejando uma s transas diferente como por exemplo eu passar leite moça nela toda nos peitos,no cú,na buceta e depois chupala igual um cachorro no cio e depois transarmos igual dois cachorros no cio,Mas essa vai ser o nosso próximo conto.Espero que goste,tudo isso é verdadeiro.

Contos relacionados

Ninfomaníaca 

Ninfomaníaca  A sexualidade também entrou cedo na minha vida assim como acontece na vida de milhares de pessoas pelo mundo a única diferença é saber o que fazer e como viver com ela, a partir deste dia.  Eu ainda era muito novinha...

Esperimentei dá Para O Yuri E Adorei.

Esperimentei dá para o yuri e adorei. Moro numa pequena cidade do Pará, sou pardo, 1,69m. Desde a adolescência sempre dei uma de machão perto dos amigos, falava e falo de mulheres, namoro e transo com elas e por isso eu sempre fui acima de...

Minha Mae Meu Sonho

Minha mae meu sonho Olá, já li vários contos de incestos e nunca acreditei muito, mas sempre tive uma tara por minha mãe, até que estimulado pelos contos fui a luta. Desde menino apreciava minha bela mãe. então imagina. Ela Loira, 1,60cm, com...

Namorada Virgem

Ela veio me visitar na minha casa de praia, nas férias de verão. Estávamos sozinhos. Até então já tinhamos feito muita coisa juntos, mas ela disse que queria esperar mais para transar e eu não insistia. Nós dois éramos virgens. Era de madrugada e...

Presente De Aniversório Para Esposa

Oi! Meu nome é Carlos noro em uma pequena cidade no sul do país, esta história q vou contar aconteceu no ano de 2004. Tenho uma esposa chamada Adriana muito gostosa loira 1,78 de altura, olhos azuis bunda redondinha, seios grandes. No ano de 2004 já...

Fodida Em família

Fodida em Família Meu nome é Sofia, morena, cabelos pretos compridos, 176 cm, bunda que chama atenção por onde passo, seios médios, um rostinho angelical. O conto que vou narrar aconteceu ano passado, e é uma história verídica. Eu tinha...