Vizinha Safada

          Este fato aconteceu quando eu tinha 24 anos de idade em uma cidade de Minas Gerais. Eu entrei no banheiro que ficava do lado de fora da minha casa, quando eu olhei pelo buraco que havia na parede por onde passava o cano de água e vi a minha vizinha no fundo do quintal da casa dela colocando roupas no varal.O meu pau começou a ficar duro e eu comecei a bater uma punheta olhando o corpo dela e imaginando ela nua.No momento em que ela se abaixou para pegar mais uma roupa eu imaginei que eu estava por trás dela enfiando o meu pau no cu dela e continuei batendo gostoso.                                                                                             Ela chegou perto da cerca bem perto da parede , olhou e viu que havia alguém dentro do banheiro olhando para ela,quando ela fechou os dentes eu fiquei mais excitado e continuei olhando.Ela deve ter percebido quem estava no banheiro e que esta pessoa estava batendo punheta, ela se abaixou novamente ficando de perfio para o meu lado e fez um gesto de positivo e em seguida enfiou o dedo polegar por baixo da saia levantando a mesma e encostando o dedo na calcinha na altura da buceta, percebi que ela estava gostando da sacanagem e continuei batendo punheta até gozar olhando aquela bunda gostosa.                                Passados alguns meses depois quando ela estava casada, eu estava em meu quarto que fica mais baixo do que terreiro da casa dela quando eu a vi na porta do porão onde ela estava morando e percebi quando ela desabotoou a parte de baixo do vestido e continuou me olhando, o meu pau ficou duro e em seguida ela colocou um dos pés em cima de degrau mostrando a coxa e começou a coça-la então eu percebi que ela estava me provocando para eu bater uma punheta olhando para ela.                         Ela começou a varrer o terreiro e ficou de costas para mim e se abaixou me deixando ver a calcinha fio dental que estava usando e eu vi novamente que bunda gostosa e não perdi tempo já  estava batendo uma punheta,ela continuou a varrer o terreiro e novamente ela se abaixou fazendo a famosa posição de cata cavaco enquanto eu continuava na punheta.Eu já estava quase gozando quando esperei ela se abaixar outra vez e no momento que ela se abaixou fingindo pegar algo no chão eu bem no meio daquela calcinha fio dental e imaginei o meu pau dentro da buceta e depois dentro do cu e comecei a esporrar na mão para não sujar o chão.E a safada continuou se abaixando mais percebendo que eu estava no meu quarto agradecendo a safada por este momento gostoso de ver uma safada mostrando a bunda para mim bater uma punheta .                                      Aconteceram outros fatos em que eu bati punheta olhando outras safadas que colaboraram e algumas viram o meu pau e gostaram tanto que foram mais de uma vez que elas colaboram,nos próximos contos eu vou falar mais sobre as outras situações parecidas com esta.